Poesias Anteriores

Inverno incessante

As flores se erguem à frio intenso
o inverno chega e as cores se vai
a alegria não esta mais aqui
e o meu todo se partiu em vários pedaços
quando minha verdade mentiu pra mim

As intenções não refletem no meu andar
que já nem caminham mais em pé
as rotas se fazem ao vislumbrar
em um dia sem rumo que se herda
as direções turbam a cada passo
já não sei mais o que fazer

Todos os dias o sol nos deserda
e o manto noturno se faz presente
mesmo ao dia intenso com frestas nas torrentes
lembro-me da tua luz que pairava
da alegria daqueles dias
de um sorriso intenso que me iluminava
mesmo quando cerrado o dia estava.

Lembro-me das nossa teses solitárias
de dois serem mais que o todo de uma nação
quando a solidão não mais estava
presente em uma multidão
sou teu, ainda que você não more mais em meu coração.